Paróquia de Nogueira do Cravo

Description level
Fonds Fonds
Reference code
PT/ADAVR/POAZ08
Title type
Atribuído
Date range
1597-06-12 Date is certain to 1911-03-31 Date is certain
Dimension and support
126 liv. (1,00 m.l.)
Extents
1 Metros lineares
Biography or history
Orago de São Cristovão.

Nogueira do Cravo tem como primeira referência escrita um documento datado de 1049, embora o primeiro povoamento remonte a épocas muito mais antigas, como o prova, por exemplo, a terminologia usada na partilha da água de regadio.

Há referências a Nogueira do Cravo na avaliação dos rendimentos das igrejas e mosteiros do País, ordenado por D. Dinis na sequência da Bula dada em Avinhão, a 23 de Maio de 1320, pelo Papa João XXII pela qual lhe concedeu, por três anos, para subsídio de guerra contra os mouros, a décima parte das rendas eclesiásticas do Reino, com excepção dos pertencentes à Ordem do Hospital.Surgem referências também nas Inquirições Afonsinas na defesa do seu prestígio e do património que via diminuído.

Por volta do século XV, tornou-se propriedade dos Coutinhos, Condes de Marialva, tendo assim iniciado o padroado laical desta freguesia.Em 1876, a Estatística Paroquial indica que a paróquia é da apresentação dos Duques de Lafões, tendo este direito sido definitivamente extinto pela Lei da Separação de 1911, na sequência da Implantação da República.

Nogueira do Cravo pertenceu ao termo e condado da Feira até 1799, transitando depois para o Município de Oliveira de Azeméis.
Custodial history
Esteve na posse da Igreja paroquial até à criação do Registo Civil, em 1911, publicada no Diário do Governo nº 41 de 1911-02-20. Nesta data as paróquias foram obrigadas por lei, a entregar os livros de registos de Batismo, casamento e óbitos às repartições do Registo Civil.

Este fundo esteve na posse do Arquivo da Universidade de Coimbra até ao ano de 1976, já que apesar de ter sido criado em 1965, pelo Decreto nº 46350, de 22 de Maio, o Arquivo Distrital de Aveiro, só viria a dispor de instalações seis anos mais tarde, tendo no ano de 2002 transferido a documentação para as atuais instalações do Arquivo Distrital de Aveiro.
Acquisition information
Incorporações provenientes do Arquivo da Universidade de Coimbra 1976-04-14, e

da Conservatória do Registo Civil de Oliveira de Azeméis em 2012-11-27 e 1978-03-14.
Scope and content
Constituído pelos registos de batismos, casamentos e óbitos
Arrangement
Organização funcional. Ordenação cronológica dentro das séries.
Access restrictions
Comunicável.

Por razões de preservação, a documentação digitalizada e/ou microfilmada é consultável apenas através da respetiva cópia digital ou microfilme.
Conditions governing use
Regulamento de Reprodução de Documentos, Despacho n.º 6852/2015, Diário da República, 2ª série, N.º 118 de 19 de junho de 2015.
Language of the material
Por (português)
Other finding aid
PORTUGAL. Arquivo Distrital de Aveiro-DigitArq [Em linha].Aveiro: ADAVR, 2016.[Consult. 02 Junho 2016]. Atualização diária. Disponível em URL:http://adavr.dglab.gov.pt
Alternative form available
Existem microfilmes de consulta para os livros n.º 1 a n.º 41
Creation date
1/30/2007 12:00:00 AM
Last modification
8/1/2016 12:02:52 PM