Paróquia de Alvarenga

Description level
Fonds Fonds
Reference code
PT/ADAVR/PARC02
Title type
Atribuído
Date range
1719-10-16 Date is certain to 1911-03-31 Date is certain
Dimension and support
94 liv. (0,90 m.l.)
Extents
0.9 Metros lineares
Biography or history
Orago de Santa Cruz.

Até ao séc. XVII, o Concelho de Alvarenga além da actual freguesia, compreendia ainda os lugares de Canelas de Baixo e Canelas de Cima que passaram a constituir a actual freguesia de S. Miguel de Canelas, e o lugar de Janarde, que é a actual freguesia de S. Barnabé de Janarde.

Enquanto foi Concelho, Alvarenga teve Juiz Ordinário com os seus escrivães, vereadores e mais oficiais de justiça. Tinha na companhia de ordenanças com o seu Capitão, alferes, ajudantes e um capitão-mor.

A Este do lugar chamado “Vila da Igreja” e hoje simplesmente “Vila” encontra-se a Igreja da freguesia, edifício com valor artístico e arquitectónico. Os primeiros padroeiros desta Igreja foram os cónegos regrantes de Sto Agostinho (Cruzios), depois passou este padroado para os Jesuítas e por fim, em 1799, para a Universidade de Coimbra. Esta Igreja até 1834 apresentava aos reitores 150 mil reis de rendimentos.

O Concelho de Alvarenga foi suprimido a 6 de Novembro de 1886 por decreto de D. Pedro V, passando a vila e posteriormente baixou à categoria de aldeia, freguesia de Arouca, distrito de Aveiro. Todo o Concelho de Alvarenga pertenceu à diocese de Lamego, bem como o antigo Concelho de Arouca, mas através da convenção de 1882, o rio Paiva divide as duas dioceses de Porto e Lamego, ficando Lamego com Alvarenga e o Porto com Canelas e Janarde.
Custodial history
Esteve na posse da Igreja paroquial até à criação do Registo Civil, em 1911, publicada no Diário do Governo nº 41 de 1911-02-20. Nesta data as paróquias foram obrigadas por lei, a entregar os livros de registos de Batismo, casamento e óbitos às repartições do Registo Civil.

Este fundo esteve na posse do Arquivo da Universidade de Coimbra até ao ano de 1976, já que apesar de ter sido criado em 1965, pelo Decreto nº 46350, de 22 de Maio, o Arquivo Distrital de Aveiro, só viria a dispor de instalações seis anos mais tarde, tendo no ano de 2002 transferido a documentação para as atuais instalações do Arquivo Distrital de Aveiro.
Acquisition information
Incorporações provenientes do Arquivo da Universidade de Coimbra 1976-04-14, e

da Conservatória do Registo Civil de Anadia em 2012-05-10.
Scope and content
Constituído pelos registos de batismos, casamentos e óbitos
Arrangement
Organização funcional. Ordenação cronológica dentro das séries.
Access restrictions
Comunicável.

Por razões de preservação, a documentação digitalizada e/ou microfilmada é consultável apenas através da respetiva cópia digital ou microfilme.
Conditions governing use
Condições de reprodução: Regulamento de Reprodução de Documentos, Despacho n.º 6852/2015, Diário da República, 2ª série, N.º 118 de 19 de junho de 2015.
Language of the material
Por (português)
Other finding aid
Instrumentos de descrição: PORTUGAL. Arquivo Distrital de Aveiro-DigitArq [Em linha].Aveiro: ADAVR, 2016.[Consult. 06 Julho 2016]. Atualização diária. Disponível em URL:http://adavr.dglab.gov.pt
Alternative form available
Existem microfilmes de consulta para os livros n.º 1 a n.º 12
Creation date
1/30/2007 12:00:00 AM
Last modification
8/1/2016 4:27:32 PM